Quebrando barreiras na profissão

"Com a educação a distância, independentemente do local onde estava, conseguia estudar, pois o material didático é bem explicativo e sempre tive o suporte dos professores podendo tirar minhas dúvidas sempre que necessário."

Gabriela corre desde os 18 anos em diversas competições e precisou de uma faculdade que coubesse na sua rotina para cursar Educação Física. Hoje ela é maratonista e trabalha com orientação online.

Sempre gostei de esportes, mas nunca tinha pensado em fazer Educação Física - Bacharelado. Antes de ingressar nesse curso, estudava Farmácia.

Quando comecei a correr, aos 18 anos, mudei de ideia e de planos para o futuro e ingressei em Educação Física - Bacharelado com 20 anos.

Pensando em conciliar meus treinos e competições com os estudos, busquei uma faculdade que atendesse essa necessidade e encontrei o Claretiano. A educação a distância foi o que mais me chamou a atenção, principalmente pela disponibilidade dos polos.

Como treino de manhã e a noite, sempre tive a tarde para me dedicar aos estudos e, agora, ao trabalho online que desenvolvo há 1 ano, criando planejamentos para pessoas que desejam correr e treinar para alguma distância específica ou evento esportivo de corridas de rua.

Sempre gostei de esporte e me dedico muito. Um dos momentos mais marcantes foi a minha estreia na maratona em Karlsruhe, na Alemanha, onde venci a prova. Além da Alemanha, graças ao esporte conheci os Estados Unidos, Canadá e Itália.

Foi sensacional me formar em Educação Física - Bacharelado, pois como morava em uma motorhome (casa carro) por conta das competições e meu objetivo de viajar pelo Brasil, agora posso continuar a viver dessa maneira, porque posso conciliar esse trabalho online com as competições e viagens.

Conheça também outras histórias de nossos ex-alunos

Conheça todas as histórias