A paixão pelo esporte falou mais alto

"Com o apoio do Claretiano, estou certo que serei um treinador de sucesso"

Assim que finalizar meus estudos, pretendo ser técnico de treinamento competitivo de tênis, para poder passar minha experiência nas quadras, para outros atletas.

Pedro começou a competir no tênis aos 14 anos, uma idade considerada avançada para quem almeja uma carreira profissional. Sem um local adequado para treino, não praticava o necessário e, aos 18, foi número um no ranking "18 anos" da Federação Paulista de Tênis. 

Após concluir o Ensino Médio, com intuito de se profissionalizar, Pedro buscou e conseguiu uma bolsa de estudos para cursar sua primeira graduação. 

"Quando terminei o Ensino Médio não sabia o que cursar na faculdade, porque já jogava em torneios profissionais de tênis, mas acabei optando por Administração e consegui uma bolsa de estudos para atletas. Enquanto estudava, também competia pela faculdade, e conquistei o primeiro lugar cinco vezes seguidas do torneio Economíadas, de 2009 a 2013."

Além do torneio na faculdade, Pedro possui vários títulos em mais de 50 torneios, nacionais e internacionais, e é atleta primeira classe da Federação Paulista de Tênis, tendo alcançado o máximo de níveis existente na modalidade.

"Depois de me formar, trabalhei durante três anos no Consulado Britânico, em São Paulo, mas minha paixão pelo tênis falou mais alto. Por esse motivo, e pensando no futuro, iniciei minha segunda graduação em Educação Física, no Claretiano, e tenho aprendido demais." 

Pelo Claretiano, Pedro jogou o Brasileiro Universitário de Tênis, conquistando o terceiro lugar. "Foi um jogo difícil. Três horas, em um sol de mais de 30 graus, mas foi com muito prazer que representei o Claretiano nessa competição e, tenho certeza, ainda voltarei para ganhar essa competição nos próximos anos."

Como meta, Pedro tem o ranking profissional mundial da ATP. "Tenho muitos sonhos e planos, mas fazer a faculdade de Educação Física no Claretiano me dá segurança de que, após esse período de competições, terei a garantia de continuar trabalhando com o esporte, de forma legal e regular, buscando cada dia mais o crescimento profissional e pessoal. Agradeço ao apoio da faculdade!". 

Pedro já aplica muito o conteúdo das aulas em seus treinos e competições, e diz que "Assim que finalizar meus estudos, pretendo ser técnico de treinamento competitivo de tênis, para poder passar minha experiência nas quadras, para outros atletas. O suporte que tenho recebido do Claretiano vai possibilitar, no futuro, o plano de carreira que tenho, e aliado a todo o conhecimento que estou ganhando no decorrer da faculdade, não tenho dúvidas que serei um treinador de sucesso."

Conheça também outras histórias de nossos ex-alunos

Conheça todas as histórias