Segui meu coração ao optar pela Terapia Ocupacional

"A TO engloba todos os sentimentos mais puros do coração. Hoje exerço a profissão na APAE e coloco em prática tudo o que aprendi no Claretiano."

Ana Carolina foi selecionada para trabalhar na APAE e hoje pode exercer a profissão colocando em prática todos os conteúdos aprendidos.

Ana Carolina Cotian Berlocher iniciou a graduação em Terapia Ocupacional (TO) em 2013 e concluiu em dezembro de 2016 pelo Claretiano – Centro Universitário. Em janeiro foi selecionada para uma entrevista na APAE na qual foi contratada. Conheça a trajetória:

___________________

“Escolhi a Terapia Ocupacional por ser uma profissão que engloba todos os sentimentos mais puros do coração. Com ela consigo trabalhar sem cansar, pois, na minha opinião, quando trabalhamos com o que gostamos, nunca temos trabalho, e sim satisfação. Tão logo terminei a graduação fui selecionada para uma entrevista de trabalho na APAE de Morro Agudo para exercer a profissão de Terapeuta Ocupacional. E, juntamente com uma equipe multidisciplinar coloco em prática todos os ensinamentos aprendidos durante a minha graduação. Posso afirmar que a Terapia Ocupacional me mudou, me fez uma pessoa mais madura e mais paciente, pois o que temos de mais precioso e curto nessa vida é o tempo. O tempo que me fez uma pessoa mais atenta e despertou um sentimento indescritível: sentimento de amor ao próximo. Hoje posso dizer que o amor e carinho são sentimentos recíprocos quando se trabalha com dignidade e perseverança.  Durante os estudos no Claretiano participei de todos os encontros científicos apresentando trabalhos. Para encerrar a graduação com chave de ouro fui premiada com meu último ENIC com o trabalho ‘A importância da Terapia Ocupacional em UTI Neonatal com bebês pre-termos’ que foi o tema do meu TCC que fiz juntamente com uma colega de sala, a Silvana Savio, a qual deve meu eterno agradecimento. De hoje em diante almejo por conquistas e por dias melhores. Peço a Deus e a Virgem Maria que me protejam me dando saúde para sempre poder ir a atrás de conhecimento para a profissão que escolhi. Desejo aos meus futuros colegas de profissão e aos já formados muito sucesso e que trabalhem com amor, pois o mais gratificante é o sorriso do paciente”.

Conheça também outras histórias de nossos ex-alunos

Conheça todas as histórias