Esforço que valeu a pena

"Olho pra trás e vejo como valeu a pena."

Gislaine foi aluna de Serviço Social no Claretiano - Faculdade e sempre se dedicou muito aos estudos e profissão. Hoje, depois de alcançar o primeiro lugar no concurso público para assistente social, trabalha com o que ama e se diz muito feliz. Conheça a história completa aqui:

Sempre gostei de trabalhar com pessoas. Aos 29 anos, resolvi retomar os estudos e, pensando nesse gosto, escolhi Serviço Social, que além de lidar com gente, promove dinâmica e desafios em sua formação. Ao escolher o curso, iniciei as pesquisas por instituições e o Claretiano já era bem recomendado por amigos e familiares. 

Havia acabado de me casar e adquirir minha residência e, por isso, sem condições de custear meus estudos, mas o Claretiano me proporcionou a imensa alegria de estudar com bolsa de estudos, pela qual me dediquei durante os 4 anos.

O tempo que passei na faculdade foi muito rico, proveitoso e difícil ao mesmo tempo. Conciliar casa, marido, estágio e faculdade não era fácil, mas valeu a pena. Sou determinada ao traçar meus objetivos e isso me fortaleceu demais e a prova, foi a homenagem de melhor aproveitamento acadêmico que recebi em minha colação de grau.

Já o estágio, foi o divisor de águas. Nele pude ter a certeza de ter feito a escolha certa e ficar, ainda mais, apaixonada pela minha profissão. Fiz estágio em três lugares, sendo eles: Centro Social e Esportivo Claretiano - Terra Nova, Faculdade de Ciências Aplicadas - UNICAMP e Centro de Referência Especializado de Assistência Social. Todos me ensinaram muito, fortalecendo minha vontade de atuar profissionalmente.

Por fim, entre os sonhos de formação, o concurso público. Prestei vários quando ainda estava na faculdade, pois assim poderia testar os pontos fracos e fortes e estar pronta para quando realmente fosse valer. Depois da graduação, vi uma notícia sobre a abertura de um concurso numa cidade próxima a Rio Claro, me dediquei muito e conquistei o 1º lugar. 

Olho pra trás e vejo como valeu a pena. Pretendo continuar meus estudos, fazer pós-graduação e me capacitar para ter mais qualidade nos serviços que farei como profissional. Deixo meu agradecimento a todos que me apoiaram nessa trajetória: familiares, professores e amigos.

Conheça também outras histórias de nossos ex-alunos

Conheça todas as histórias