Pela saúde com amor

"Professores, amigos e familiares, foram os pilares da minha formação."

Solange fez sua segunda graduação em Terapia Ocupacional no Claretiano - Centro Universitário e quer, cada dia mais, cuidar das pessoas que precisam. Confira hoje a história completa de Solange:

Em 2012, iniciei minha segunda graduação no Claretiano – Centro Universitário. Sou enfermeira formada e, por algum tempo, trabalhei com idosos em um asilo e esse contato fez eu me envolver com a área de Terapia Ocupacional. 

Já conhecia o Claretiano através de alguns amigos e sempre tive relatos positivos a respeito da instituição, além da proximidade à minha cidade.

Durante o curso, mesmo sendo formada e experiente, de certa forma, vivenciei muitas novidades e tive que me dedicar bastante para conciliar trabalho, estudos, família e minha vida pessoal, mas consegui graças às muitas pessoas, professores, amigos, que me deram respaldo emocional e acadêmico durante este período.

No ano em que apresentei meu TCC, tive ainda mais suporte, desde as responsáveis pela limpeza das salas, da cozinha – que faziam um café maravilhoso, diga-se de passagem – e todos os colaboradores da clínica, professores, supervisores de estágio, todos tão queridos, pilares da minha formação.

Me formei em 2015 e este ano, 2017, tive a chance de realizar uma oficina aos alunos do Claretiano – Centro Universitário de Batatais. O trabalho, que foi realizado durante a graduação, pode se tornar um workshop de “Mandala como recurso terapêutico” para os futuros terapeutas ocupacionais.

Hoje, apesar de ter passado por um período de descobertas pós formação, principalmente, por estar em uma profissão na qual as pessoas dependem de nós, vejo com responsabilidade e muita certeza da minha escolha. Estou conquistando aos poucos o meu espaço e sou muito grata por todas as oportunidades que tenho. As portas estão se abrindo e, com o passar do tempo, novas experiências e desafios aparecerão, e pretendo sempre buscar mais conhecimento, profissional e pessoal.

Agradeço minha família e ao Claretiano pelo apoio e colaboração. 

Conheça também outras histórias de nossos ex-alunos

Conheça todas as histórias